Medidor do Nivel de Fita - Como usar e pra que serve um

As exigências de monitoramento de nível e vazão já abrangem praticamente todas as regiões do Brasil e obrigam a manter o registro das informações de obras de captação de água. Além disso, é importante lembrar que a fiscalização está cada dia mais incisiva e presente.

Até pouco tempo atrás, a forma mais usual de aferir nível estático e dinâmico de um poço artesiano era com o uso de medidor de nível de fita. No entanto, já existem soluções mais tecnológicas e modernas para captar essa informação.

De qualquer forma, hoje vamos falar mais sobre o assunto. Acompanhe!

Como usar o medidor de nível de fita?  

Se você não sabe quais os níveis do poço a ser medido, sabe ao menos a profundidade de instalação do conjunto motobomba?

Se o equipamento de bombeamento está instalado a 180 metros, por exemplo, não faz sentido comprar um medidor de nível com uma fita de 150 metros, isto porque nesta condição a profundidade máxima do nível dinâmico poderá ser a mesma do crivo da bomba, ou seja, 180 metros. Um medidor de nível de fita de 200 metros seria o ideal para uma situação como esta. 

Devemos escolher então um comprimento de fita que atenda as duas situações; poço parado (nível estático) e poço ligado (nível dinâmico).

Mais um ponto importante: o poço tem tubo de nível instalado? Somente pelo tubo de nível é que é possível inserir a fita. Trata-se de um tubo de PVC ou Aço, com diâmetro mínimo de ½” (meia polegada), onde o mais usual é de ¾” (três quartos de polegada).

Agora veremos como medir o nível utilizando o medidor de fita.

Lembre-se que o medidor consiste em um circuito eletrônico que funciona alimentado por uma bateria, geralmente de 9 volts. Por isso, é necessário ter sempre uma bateria reserva para evitar transtornos.

Ao optar por utilizar o medidor de nível de fita, faça 2 testes físicos antes:

Teste 01: Ligue o medidor e aperte o botão “teste”. Ao fazer esta ação, você deve escutar um apito. Alguns medidores têm um LED que acende junto com o apito, assim você tem dois alertas, o sonoro e o visual.

Teste 02: Coloque a ponta do medidor em um copo ou lata com água e verifique se ele apita quando a ponteira estiver completamente submersa na água.

Tenha certeza que o medidor está funcionando antes de inseri-lo no poço para que você não tenha leituras erradas ou – na pior hipótese, não consiga encontrar o nível.

Completando os 2 testes, você pode inserir a fita dentro do tubo de nível. Em seguida, verifique se o poço está desligado para que você faça a leitura do nível estático e desenrole a fita do carretel inserindo-a no tubo de nível até o momento em que o medidor começará a apitar.

Neste momento, pare de desenrolar o carretel e comece a puxar a fita para fora do poço até que pare de apitar. Agora, de forma bem lenta, vá descendo a fita até que o medidor comece a apitar novamente e pare. Pronto. Este é o nível estático do poço.

Como o medidor de nível de fita geralmente é graduado em centímetros, faça a leitura de quantos metros de fita tem dentro do tubo de nível, isto corresponde ao nível estático do poço (uma vez que o poço está desligado).

Nesse momento, o uso de uma prancheta e papel se faz necessário. Faça um cabeçalho com nome do poço, local, data, hora e o valor do nível estático.

Para medir o nível dinâmico o ideal é fazer a leitura após, no mínimo, uma hora de funcionamento da bomba sem interrupções. Repita o procedimento de anotações e registre os dados de nível dinâmico em sua planilha.

Lembrando: os dados devem ser armazenados conforme solicitação do seu agente fiscalizador, ou seja, no mínimo por 5 anos.

Medidor de nível de fita vale a pena?

Como você pôde observar, coletar os dados manualmente através do medidor de nível de fita requer tempo, atenção e muita dedicação.

Atualmente, existe outra alternativa para tornar esse processo mais fácil e seguro: a automatização.

Se o local onde está localizado o poço possui sinal de internet para celular (GPRS, G3, G4 outros) é possível utilizar um sensor, uma central de monitoramento e um sistema online de visualização e armazenamento de dados.

O Hidroview é uma plataforma que oferece informações de nível estático e dinâmico, pressão, vazão, temperatura, condutividade, pH, entre outras. Esses dados ficam acessíveis a qualquer momento, basta que você tenha um dispositivo com acesso à internet como computador, tablet ou celular.

As informações ficam armazenadas com total segurança e à disposição para quaisquer consultas. A emissão de relatórios com apenas 2 cliques também é um grande diferencial do Hidroview.

Com isso, além da total confiabilidade dos dados, não é necessário dedicar horas valiosas para cumprir as exigências legais. O resultado disso é segurança e eficiência operacional.

Para saber mais sobre o Hidroview e como essa solução pode monitorar poços, tanques, represas, reservatórios, entre outros, entre em contato conosco!

Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *